domingo, 27 de dezembro de 2009

Que venha 2010!

Bom amigos, estamos a poucos dias de 2010. E nesses momentos gastamos nossos neurônios com reflexões sobre o ano que passou, o que mudar no ano que se inicia... fora as promessas de inícios de dietas, parar de fumar, ser mais paciente, etc...
Pensando nisso, eu encontrei uma "receitinha" para começar o ano. E é por isso que nossa "Pitada Literária" está como postagem, pois o texto de fim de ano é de nada mais, nada menos que Carlos Drummond de Andrade.
Vale pensar...



Receita de Ano Novo

Para você ganhar belíssimo Ano Novo
cor de arco-íris, ou da cor da sua paz,
Ano Novo sem comparação como todo o tempo já vivido
(mal vivido ou talvez sem sentido)
para você ganhar um ano
não apenas pintado de novo, remendado às carreiras,
mas novo nas sementinhas do vir-a-ser,
novo
 
até no coração das coisas menos percebidas
(a começar pelo seu interior)
novo espontâneo, que de tão perfeito nem se nota,
mas com ele se come, se passeia,
se ama, se compreende, se trabalha,
você não precisa beber champanha ou qualquer outra birita,
não precisa expedir nem receber mensagens
(planta recebe mensagens?
passa telegramas?).
Não precisa
 
fazer lista de boas intenções
para arquivá-las na gaveta.
Não precisa chorar de arrependido
pelas besteiras consumadas
nem parvamente acreditar
que por decreto da esperança
a partir de janeiro as coisas mudem
e seja tudo claridade, recompensa,
justiça entre os homens e as nações,
liberdade com cheiro e gosto de pão matinal,
direitos respeitados, começando
pelo direito augusto de viver.
Para ganhar um ano-novo
que mereça este nome,
você, meu caro, tem de merecê-lo,
tem de fazê-lo de novo, eu sei que não é fácil,
mas tente, experimente, consciente.
É dentro de você que o Ano Novo
cochila e espera desde sempre.


Carlos Drummond de Andrade
Texto extraído do "Jornal do Brasil", Dezembro/1997.


sexta-feira, 18 de dezembro de 2009

Conheçam a OLIVREIRO

Amigos, o livreiro é show! Para quem gosta de livros, e quem gosta de discutir sobre os impressos, lá é o lugar ideal. Veja como eles se descrevem:

O LIVREIRO 
O Livreiro é uma rede social para quem gosta de livro. De qualquer tipo: poesia, história, música, internet, comportamento, clássicos, quadrinhos, filosofia, gastronomia. 
Cada leitor é de um jeito, e O Livreiro pode ser feito do seu jeito. 
Leitores de todas as gerações e formações, de qualquer ponto do país, participam de várias maneiras: ao se tornar membro, é possível montar a estante pessoal, selecionar autores preferidos, resenhar obras lidas, buscar sugestões de leitura, descobrir afinidades compartilhadas e criar comunidades sobre assuntos de interesse. 
Aproximar pessoas e livros é a nossa missão, ajudar a fazer do Brasil um país de leitores, o nosso sonho. 

COMUNIDADES 
Cada membro pode criar a comunidade que desejar sobre autores, livros e gêneros literários de seu interesse. Ou, se preferir, pode participar de uma das comunidades que já existem. Não há limite de participação em comunidades nem é obrigatório o ingresso em uma delas. 
As comunidades podem ser abertas, fechadas e moderadas. Quem cria uma comunidade pode estabelecer as regras internas de participação. O debate é livre, desde que sejam respeitados os direitos humanos e as leis brasileiras. 


CONTEÚDO 
O Livreiro quer oferecer conteúdos diferenciados sobre livros e suas conexões com as diversas artes e áreas de conhecimento. 
O canal Notícias funcionará como um agregador de informações atualizadas sobre autores e livros no país e no exterior. O leitor será avisado dos principais lançamentos e reedições e encontrará sugestões variadas de leitura, sob a forma de links, listas e comentários. 
Os principais debates e sugestões das comunidades ajudarão a fazer esse canal. Por meio do "Eu, Livreiro", o usuário será convidado a contribuir com informações e opiniões.



Gostou da idéia? Então acesse: olivreiro

quinta-feira, 17 de dezembro de 2009

Lá vem a noiva, toda de branco...


Gostaríamos de parabenizar a dinamizadora Flavia, do Clube de Leitura Castro Alves (E. M. Rotariano Arthur Silva) pelas suas bodas no último dia 12. Parabéns querida, que seu caminho junto ao seu esposo seja de luz. Felicidades ao casal!

O IV CompartiLER foi um sucesso!!!



Nosso último encontro, realizado no dia 10/12, no Clube de Leitura da E. M. Presidente Castelo Branco, contou com a participação da Secretária de Educação do Município, Maria Fatima de Souza.
Neste CompartiLER fizemos um balanço das atividades realizadas do ano de 2009 e por fim, nossa confraternização e amigo oculto.

As fotos do evento estão em leituramesquita.ning.com

domingo, 6 de dezembro de 2009

Amigo Oculto no IV CompartiLER

Queridos, conforme havíamos combinado, dia 10/12 será nosso amigo oculto. Para ajudar, solicitamos que enviassem o nome do livro de literatura infanto juvenil que gostariam de ganhar. Quem não tirou seu amigo oculto ainda, favor procurar amanhã a Coordenação na Semed. Ah, e não se esqueçam de levar algo para comer, para fazer-mos a partilha de fim de ano.



sexta-feira, 13 de novembro de 2009

Nova barra de título do nosso blog - show!!!

Não ficou lindooooooo nosso blog. O artista que criou essa linda barra para o Setor, foi nosso parceiro Anderson Marinho, coordenador da Informática Educativa.
Anderson...

Fotos do trabalho do Clube de Leitura Ana Maria Machado

Na E. M. Expedito Miguel, os alunos estão em festa com o seu Clube de Leitura. As meninas estão fazendo um trabalho envolvente, encantando os pequenos e transformando-os em leitores assíduos da biblioteca.


quinta-feira, 12 de novembro de 2009

Aniversariante de hoje: ilzeny


Hoje quem apaga velinhas (além de mim) é nossa querida dinamizadora do Clube de Leitura Castro Alves, da E. M. Rotariano Arthur Silva. O Setor de Incentivo lhe parabeniza por essa data tão especial.

segunda-feira, 9 de novembro de 2009

Forum sobre incentivo à Leitura

Na rede, encontrei um fórum voltado para incentivo à leitura e literatura. Nele vc pode discutir sobre quadrinhos, literatura estrangeira, infantil entre outros. Informações sobre o fórum.  Acesse o link Meia Palavra

quarta-feira, 4 de novembro de 2009

Vídeos bacanas



Um outro vídeo show é "Ruca - Ler e reler" onde mostra o pequeno descobrindo que existem hábitos ao pegarmos livro emprestado numa biblioteca pública tais como: cuidar do livro, entregar na data certa, não gritar no espaço, etc. O vídeo é uma gracinha, pois mostra o interesse do pequeno pela leitura. Apesar de ser um vídeo em português (de Portugal), ele pode ser perfeitamente exibido às turmas pequenas, pois as cenas dizem tudo. Sem contar que é uma ótima oportunidade para trabalharmos por exemplo, a reforma ortográfica e a diferença entre como falamos no Brasil e a nossa matriz lusitana.

Excelente oportunidade em Mesquita

Teatro
Que tal encantar-se com personagens saltando das páginas de um livro de história? Uma boa dica é assistir a peça “O mistério da Feiurinha”, dramatização baseada no livro “O fantástico mistério da Feiurinha” de Pedro Bandeira. A peça, encenada pelo Grupo Cultural Cochicho na Coxia é uma delícia (tive a oportunidade de assistí-los no Sesc de Nova Iguaçu), está em cartaz até 29/11 no Centro Cultural Oscar Romero (Rua Elpídio, 530 – Centro de Mesquita - tel. 2796-4862 / 2697-8257).
dica_de_livro_feiurinha O livro trata do desaparecimento de uma suposta princesa, chamada Feiurinha, e promove um reencontro entre as principais princesas dos contos de fadas: Cinderela, Branca de Neve, Chapeuzinho Vermelho, Bela Adormecida, Rapunzel e Bela, do conto "A Bela e a Fera". Todas, com exceção de Chapeuzinho vermelho, se encontram grávidas e prestes a completar 25 anos de casadas com seus respectivos príncipes encantados.
Há também espaço para a rivalidade entre princesas, que demonstram se preocupar mais com suas próprias histórias em determinados momentos. Porém, as diferenças se acabam quando todas têm o objetivo comum de resgatar a Princesa Feiurinha.
Clique aqui e baixe a versão da história dramatizada (ótima para ser trabalhada no Clube de Leitura!).

Detetives do passado

DETETIVE_1

Encontramos uma oficina que, acreditamos, vai auxiliar muito no trabalho sobre Consciência Negra.  Nela, vc poderá investigar aspectos importantes e curiosos da História do Brasil e terá a oportunidade de experimentar o cotidiano de escravos e libertos no Brasil do séc. XIX.  Bom trabalho!

http://www.historiaunirio.com.br/numem/detetivesdopassado/

domingo, 1 de novembro de 2009

Aniversariante de hoje: Aline

O Setor de Incentivo parabeniza a nossa dinamizadora prof Aline pelo seu aniversário. Ela é do Clube de leitura Prof. Cleuza, que fica na E. M. Governador Roberto Silveira.

sexta-feira, 30 de outubro de 2009

Como foi o II CompartiLER


Ontem, nos turnos da manhã e da tarde, os professores dinamizadores dos Clubes de Leitura e Tendas que Contam Histórias se reuniram para avaliarmos e planejarmos novas ações de incentivo e formação de novos leitores nos seus respectivos locais de trabalho. O encontro foi maravilhoso! Neles tivemos a oportunidade de ouvir nossos profissionais nas suas conquistas, angústias e o mais importante, partilharmos estratégias de enfrentamento.
No primeiro momento, nós da coordenação, prestamos uma pequena homenagem pelo dia do professor e funcionário público passados. Foi lido o texto "Chão de estrelas" e entregue estrelinhas que simbolizava cada profissional. Eles são nossas "estrelas", pois se nós estamos alcançado novos espaços, encantando cada vez mais leitores e sócios para os Clubes da rede, é graças a esses guerreiros da palavra escrita. Depois disso, cada professor ganhou de Setor um livro de presente (o que os deixaram eufóricos) e assim podemos falar da parte mais rotineira do trabalho.
O Setor elaborou dois materiais para auxiliá-los. O primeiro foi o texto 40 livros que valorizam a cultura e a identidade negra (retirado do Blog da prof. Gegê), material que auxilia no trabalho da consciência negra e Orientações para Organização do Acervo, útil para o trabalho na biblioteca.


A prof. Liris, do Clube de Leitura da E. M. Padre Nino Miraldi, deu uma ótima dica de software para auxiliar na organização e catalogação de acervo. Basta clicar em MiniBiblio, que será redirecionado direto para a página de download do programa que é gratuito. Abaixo, uma breve descrição:
O MiniBiblio é um sistema utilitário distribuído de maneira livre (FREEWARE).Seu objetivo é o cadastro e gerenciamento de livros, revistas, vídeos, manuais, discos e/ou dados. É bastante funcional, portanto pode ser usado em grandes acervos ou como uma forma simples de controle e organização da sua biblioteca pessoal.

Com o MiniBiblio, além do cadastro de livros, revistas e semelhantes, é possível controlar empréstimos dos mesmos, sabendo o dia em que um material foi retirado e quando foi (ou deve ser) devolvido. É bastante versátil, apresenta diferentes possibilidades de configuração de seu visual, bem como de sua funcionalidade.
No outro momento, conversamos sobre cada Clube: como está sendo o trabalho, dificuldades, trabalhos bem-sucedidos, etc.
Após todos falarem, o grupo acordou que o próximo encontro aconteceria dia 17/11.

Veja as fotos:

291020092497_1434x1075 291020092498_1434x1075

291020092500_1434x1075

291020092502_1434x1075

291020092508_1434x1075

291020092516_1434x1075

291020092517_1434x1075

291020092519_1434x1075

291020092522_1434x1075

291020092524_1434x1075

quarta-feira, 28 de outubro de 2009

II CompartiLER

Alô professores dinamizadores dos Clubes de Leitura e das Tendas que Contam Histórias!
Amanhã acontecerá nosso II CompartiLER - Encontro dos dinamizadores das Tendas que Contem Histórias e Clubes de Leitura. Cada dinamizador participará no horário de trabalho no projeto: 9:00h. (manhã) e 14:00h. (tarde) na SEMED.
Os dinamizadores deverão levar os seguintes materiais:
  • Todos os planejamentos (já impressos) feitos neste semestre;
  • O cronograma de aulas (quadro de horário) também já impresso;
  • Fotos do trabalho no Clube de Leitura e Tendas para postarmos no blog, conforme solicitado no encontro passado. Estas podem estar em pendrive.
O encontro tem por objetivo a troca de experiências e pensarmos nas próximas atividades nas escolas.

Vamos lá! Participe!!

segunda-feira, 26 de outubro de 2009

O Clube de Leitura da E. M. Gov. Roberto Silveira no Jornal ODia


Ontem, ao abrirmos o jornal ODia, no caderno da Baixada, tivemos a agradável surpresa de ver estampado na primeira página, uma foto do projeto "Poesia ao pé do ouvido", idealizado pelas professoras dinamizadoras do projeto, Ursula Irazabal e Aline Ribeiro. A matéria dá destaques as estratégias para se prender a atenção dos pequenos, estratégias "envolvendo mágica e poesia". Outro destaque é o trabalho feito pelo professor de História Carlos Eduardo Hermsdorff, da E. M. Américo dos Santos, que utiliza truques de mágica para ensinar sua disciplina.
Ficaram curiosos em ler mais? Acesse O Dia online , vá até a seção "edição digital" , edições anteriores (25 de outubro de 2009). Vale lembrar que para ter acesso, deve fazer o cadastro para acessar o material online.

Nossa participação no VivaLeitura 2009



Bom, como para o nosso Setor não basta participar, tem de registrar, algumas fotos da nossa participação para o deleite de todos.
IMG_4174Voando rumo à São Paulo
 IMG_4277_840x1120  Num evento como esse, deve-se dar um realce no visual.
IMG_4226 IMG_4234_1120x840 No Museu, todos andam sobre palavras de notáveis.
IMG_4231



Acima, os finalistas da primeira categoria. Abaixo, fotos numa cantina italiana.


Acima, as finalistas Rose-Meire (Biblioteca ambulante: A cor da cultura formando leitores jovens e griots – Mato Grosso), Sueli (Tenda da Biblioteca Popular – Ceará), Gabriela Tebet (Me descobrindo, descubro também o mundo e a leitura – São Paulo) e eu.

No aeroporto, Márcia (Leitura é patrimônio – Rio Grande do Sul) Claudete (Alice no país dos números – Santa Catarina), Luiz (Parada Cultural – Biblioteca Popular 24 horas – Distrito Federal), Rose-Meire (Biblioteca ambulante: A cor da cultura formando leitores jovens e griots – Mato Grosso) e Ciro (O caminho da leitura – Mato Grosso).

Alguns vídeos que postei no Youtube sobre o Prêmio:

Prêmio VivaLeitura - parte 1

Prêmio VivaLeitura - parte 2

Prêmio VivaLeitura - parte 3

Mesquita no Prêmio Vivaleitura 2009

vivaleitura2009 Nosso Setor de Incentivo à Leitura, representado na pessoa que nos escreve, foi convidada a fazer parte da Comissão Julgadoras dos trabalhos finalistas para o Prêmio VivaLeitura 2009. A premiação, criada em 2005 por iniciativa do Ministério de Educação, da Cultura e da Organização dos Estados Ibero-americanos para a Educação, tem “como objetivo estimular, fomentar e reconhecer as melhores experiências que provovam à Leitura”.
Os 15 finalistas, divididos em 3 categorias (Bibliotecas públicas, privadas e comunitárias; Escolas públicas e privadas e Ongs, pessoas físicas, universidades/faculdades e instituições sociais), de todas as regiões do país, tiveram seus trabalhos avaliados por sete jurados, que foram convidados por terem renomada competência na área. E um dos escolhidos foi eu, Lucélia Flores.
A Comissão que julgou os trabalhos, teria que observar os seguintes aspectos: originalidade do trabalho, o impacto na construção da cidadania, os recursos utilizados, a pertinência e a abrangência da ação na comunidade, a duração e os resultados alcançados.
Feito isso, todos nós, jurados e finalistas estivemos em São Paulo, no Museu da Língua Portuguesa, para o evento de premiação.
int4-264x157
Lá estiveram presentes o Ministro da Cultura, Juca Ferreira, o Secretário do Plano Nacional do Livro e da Leitura (PNLL) José Castilho, o Secretário de Educação Continuada do Mec, André Lázaro entre outras autoridades.
Numa belíssima festa, foram premiados por categoria, os seguintes trabalhos, levando para casa o prêmio de 30 mil reais:

1. Categoria “Bibliotecas Públicas e Privadas”
vencedor_cat1_ciro_e_jose_castilho_pnll-244x163
Na categoria “Bibliotecas” o projeto vencedor foi o “O Caminho da Leitura”, de Campinápolis (MT). A iniciativa combate o analfabetismo entre os indígenas da região através de uma biblioteca que professores e caciques construíram dentro da aldeia Xavante “Semente Viva”. Os primeiros 200 livros do acervo foram doados pelo projeto “Expedição Vagalume”, que também ajudou na formação de mediadores de leitura. No início, cerca de 260 crianças e 80 adultos usufruíam do acervo. Hoje, a biblioteca consegue atender, além da Semente Viva, mais outras seis aldeias da região.
O índio Ciro José Sahairo, responsável pelo trabalho, recebeu o prêmio na cerimônia e declarou que o direito à educação é um direito de todos os brasileiros. Com o valor recebido do Vivaleitura, prometeu construir um galpão para abrigar um acervo ainda maior.

2. Categoria “Escolas Públicas e Privadas”
vencedor_cat2_josessandro_e_alvaro_marchesi_oei-108x163
Na categoria, o projeto vencedor foi o trabalho “Flis – Festival Literário do Sertão”, de Sertânia, município do interior de Pernambuco situado no sertão de Moxotó, área que representa um dos índices mais baixos de IDH do estado. O festival é realizado pela escola pública, Olavo Bilac, para valorizar a produção literária local e a identidade cultural da região. Em suas duas primeiras edições, o Festival promoveu atividades como saraus, palestras, leitura de contos, poesias e encenações sobre autores e artistas locais. Mais de duas mil pessoas, entre alunos, professores, pais e responsáveis já foram beneficiadas pelo projeto. Segundo o professor de português e literatura da escola, Josessandro Batista de Andrade, que também é o idealizador do Flis, os resultados são visíveis: “desde 2007 registramos um aumento contínuo no número de livros retirados em empréstimo na biblioteca da escola, os alunos criaram um jornal de poesia, chamado “O Nascer do Poeta”, com obras próprias e dos professores, e com o apoio de comerciantes locais realizamos encontros de autores e poetas da região”, diz. Segundo o professor, o próximo Flis acontecerá no mês que vem, entre os dias 15 e 17, sob o tema “Os 60 anos da escola Olavo Bilac – uma usina de talentos”.

3. Categoria “Instituições e/ou Pessoas Físicas”
O trabalho “ Poesia Viva – A Poesia Bate à sua Porta”, de Mariana (MG) venceu na terceira categoria do prêmio. Idealizado pela artista plástica, Andréia Aparecida Silva Donadon Leal, o projeto bate de porta em porta, nas casas, estabelecimentos comerciais e escolas da cidade e municípios vizinhos, para ler contos, romances e poesias às pessoas. A iniciativa conta com o trabalho voluntário dos poetas da Associação Aldrava Cultural que, além de visitarem as casas, distribuem gratuitamente o jornal da associação e livros aos habitantes. A idéia do projeto é estimular o hábito da leitura no lar e usar a literatura como elo de afetividade entre as famílias. “Acredito que é na família que começa o gosto pela leitura, e é lá que ele também precisa ser cultivado”, disse Andréia. Com a verba do prêmio, Andréia pretende publicar as obras dos poetas da associação e ampliar o acervo de livros que é distribuído pelo projeto. Atualmente, o “Poesia Viva” acontece em Mariana, Ouro Preto, Santa Bárbara, Belo Horizonte e Ipatinga.

Menções Honrosas
O Prêmio ainda concedeu menções honrosas para os seguintes projetos - "Flipinha", da Associação Casa Azul, de Paraty (RJ); programa "Carro Biblioteca", da Escola de Ciências da Informação da Universidade Federal de Minas Gerais - UFMG; programa "Prazer em Ler", do Instituto C&A (SP); "Parada Cultural -Biblioteca Popular 24h", da ONG Projetos Culturais T-Bone (DF); e programa "Arca das Letras", da Secretaria de Ordenamento Agrário do Ministério do Desenvolvimento Agrário (DF).
FONTE: http://www.premiovivaleitura.org.br/default1.asp?page=2009_venc2.asp

No próximo post, fotos que eu tirei do Prêmio VivaLeitura.

Mais informações sobre o VivaLeitura 2009:

Projetos de Mato Grosso, Pernambuco e Minas Gerais vencem o Vivaleitura 2009

Ministro Juca Ferreira participou da solenidade de premiação, em São Paulo

Mais acessadas